Quer aumentar as vendas na crise? Use brindes

Quer aumentar as vendas na crise? Use brindes

Com a economia em recuperação, as empresas enfrentam um desafio diário: vender e manter as portas abertas. Nesse cenário, investimentos estratégicos estão praticamente fora de questão, a prioridade é adequar gastos e apostar em ações de menor custo e maior possibilidade de retorno.

Diante desse panorama, uma ação de marketing que tem provado seus resultados é o uso de brindes personalizados. Quando uma ação promocional é bem planejada, provoca uma empatia imediata, gerando engajamento — em consequência, aumento da frequência e lembrança da marca.

Quer aumentar as vendas na crise? Use brindes, Brindes podem ser utilizados em ações com diferentes objetivos, como peça de coleção, item de uso cotidiano e até mesmo como recompensa. Quem rejeita um brinde?

De acordo com a pesquisa “A magia do brinde”, realizada em 2015 pela consultoria PiniOn, 16,57% dos clientes entrevistados trocariam de marca na hora se um concorrente oferecesse um brinde atrativo — entre homens e mulheres na faixa etária dos 35 aos 40 anos, esse percentual sobe para 61%.

O estudo aponta ainda que 76% dos entrevistados apontaram como “bastante provável” o retorno à loja que ofereceu um brinde. É um dado significativo, uma vez que vários segmentos do varejo têm parte da sua receita garantida pelos clientes que retornam para comprar novos produtos — como roupas e celulares, por exemplo.

Oferecer brindes pode ser uma estratégia tão eficiente que às vezes sequer precisa ser gratuita. Segundo a pesquisa, 63% dos jovens entre 18 e 25 anos não veem problema em pagar um valor adicional para obter o brinde sem comprometer a experiência. Basta lembrar da coleção de miniaturas de garrafas da Coca-Cola.

“Para promover uma campanha de marketing ou publicidade com brindes personalizados, é importante estar atento aos hábitos e tendências usuais do indivíduo moderno que está sempre em busca de facilidades para o seu dia a dia”, afirma Renato Schaimberg, diretor da Luminati Brindes, uma das principais empresas do ramo no mercado brasileiro. “Dessa forma, será possível oferecer brindes úteis e que aumentem o grau de awareness de marca”, explica.

Outra vantagem dos brindes é o tempo de contato com a marca. Um produto promocional útil é um item em contato constante com o cliente, faz parte da sua vida cotidiana. Além de ser uma alternativa mais barata em relação a outras mídias — como outdoor e televisão — o tempo de exposição é bem maior.

Cuidados

Oferecer brindes não significa dar o toque de Midas. Como toda estratégia, devem ser pesados os prós e contras, analisar os cenários e considerar as ações que trarão os melhores resultados. A pesquisa aponta, por exemplo, que clientes de e-commerce preferem frete grátis (42%) a brindes (14%).

Se a marca optar por uma ação com brindes, deve-se observar bem o que será oferecido. O cliente não pode pensar que sua atenção sai barato: em outras palavras, ele precisa notar uma vantagem que irá associar não apenas ao brinde, mas à marca e ao produto ou serviço. E, para isso, é necessário conhecer o cliente.

O estudo aponta que 50% dos homens prefere itens de tecnologia como brindes — como pendrives e fones de ouvido. Já entre o público feminino, a preferência é por produtos de beleza (34%). Produtos de cozinha e itens para banheiro estão, por sua vez, entre os mais rejeitados. Quer aumentar as vendas na crise? Use brindes

 

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


WhatsApp chat